21.3 C
Viçosa
terça-feira, 26 janeiro, 2021
- Publicidade

Prefeitura convida escolas para discutir retorno das aulas presenciais

Como noticiado antecipadamente pelo “Opção News”, o prefeito Ângelo Chequer promoveu, na última terça-feira (29), uma reunião com todos os gestores e diretores de escolas públicas, privadas e filantrópicas que atendem séries da educação básica em Viçosa. O objetivo do encontro era ouvir desses gestores os repasses do que suas comunidades escolares vem discutindo sobre o retorno das aulas presenciais, visando balizar uma posterior tomada de decisão por parte da administração municipal.

Participaram também da reunião a Secretária de Educação, Ana Monteiro; o secretário de Saúde, Marcus Schitini; e o professor-doutor da UFV, Cláudio Mafra, Presidente da Sociedade Brasileira de Biossegurança e especialista credenciado em avaliação de risco de biossegurança.

Representantes de alguns colégios privados relataram suas experiências com as aulas remotas, as dificuldades do setor e fizeram repasses do que vem sendo discutido entre as instituições de ensino particulares. 

A diretora administrativa do Colégio Nossa Senhora do Carmo, Marina de Oliveira Magalhães, representou o grupo e disse que as escolas estão se mobilizando para o retorno gradual: “temos consciência que o retorno depende do contexto geral e individual de cada família. Entendemos também que cada escola, de acordo com suas especificidades, precisa elaborar seus protocolos individuais”. 

Marina também apresentou números de uma pesquisa interna feita no Colégio Carmo para saber o percentual de pais que enviariam seus filhos no caso de um retorno imediato das aulas presenciais. Na educação infantil, a pesquisa apontou que 75% dos pais não enviariam seus filhos. No ensino fundamental I, a negativa foi de 65% e no ensino fundamental II e ensino médio, 60% disseram que não enviariam seus filhos.

O secretário de Saúde, Marcus Schitini, informou que já estruturou um protocolo técnico e sanitário para uma possível retomada das aulas da educação básica e ressaltou que todas as escolas privadas que pretendem retornar com atividades presenciais precisarão se adequar às normas e passarem por vistoria da Vigilância Sanitária. “Considerando os números epidemiológicos de Viçosa, entendemos ser possível uma retomada gradual de algumas atividades escolares semipresenciais, como um complemento às atividades remotas, que ainda devem ser mantidas”, ressaltou o Secretário.

O prefeito Ângelo Chequer defendeu uma discussão conjunta entre os setores escolares e propôs a criação de uma comissão temporária para tratar sobre o retorno das aulas presenciais. A comissão foi montada e será composta por 3 membros de cada setor: escolas municipais, estaduais, privadas e filantrópicas.

Atividades da rede municipal de ensino

A Secretária de Educação, Ana Monteiro, aproveitou a reunião para anunciar o Programa de Atividades Escolares Remotas (PAER), que prevê a criação de roteiros de estudo para alunos da rede municipal das séries fundamentais e a distribuição de kits pedagógicos e lúdicos para crianças matriculadas em escolas de educação infantil.

“Os professores se organizaram e prepararam um roteiro de estudo para que os alunos, em casa, possam desenvolver atividades a partir do livro didático que já estão com eles. Não estamos adotando nenhum sistema online, que precisa de internet ou dispositivo tecnológico. Conhecemos a realidade das famílias dos nossos alunos e pensamos no atendimento universal, queremos que todos sejam alcançados”, informou Ana Monteiro.

A Secretária também explicou como será a abordagem com as crianças da educação infantil: “Para os pequenos, serão distribuídos kits com materiais lúdicos, como tinta, massinha, tudo que a criança usa como possibilidade de construir seu conhecimento. Vamos contar com mediação dos pais, oferecendo a essas crianças a oportunidade de criarem inúmeras possibilidades de aprendizagem”.

Durante a reunião, diretoras de escolas municipais e estaduais defenderam o ensino remoto e se posicionaram contra o retorno das aulas presenciais neste ano. Como planejamento a longo prazo, a Secretária de Educação informou que a pasta estuda o retorno híbrido, de forma semipresencial, para atendimento de alguns alunos que necessitarem de auxílio nas atividades remotas.

O PAER foi aprovado internamente na Secretaria de Educação e agora segue para análise do prefeito.

- Publicidade

Relacionados

O verdadeiro cale-se

O verdadeiro cale-seQuem já foi a um estádio de futebol, provavelmente já sentiu o que vou descrever. Embora talvez não tenha pensado...

Marcos Santiago – Um artista da beleza no destaque mundial

Em pleno tempo de conspiração contra a beleza, onde as autoridades recomendam e o momento exige o uso de mascaras e a...

Bike Bier – Onde o tema ganha cor e sabor

Inovação e empreendedorismo em tempos de pandemia Com uma experiência de 20 anos fazendo drinks coloridos e encantadores para...
- Publicidade -

Popular

O verdadeiro cale-se

O verdadeiro cale-seQuem já foi a um estádio de futebol, provavelmente já sentiu o que vou descrever. Embora talvez não tenha pensado...

Marcos Santiago – Um artista da beleza no destaque mundial

Em pleno tempo de conspiração contra a beleza, onde as autoridades recomendam e o momento exige o uso de mascaras e a...

Bike Bier – Onde o tema ganha cor e sabor

Inovação e empreendedorismo em tempos de pandemia Com uma experiência de 20 anos fazendo drinks coloridos e encantadores para...

A curiosa “Bike Remo”

Para quem não conhece basta uma apresentação, Gian Barreto. Ele vem de uma família de inventores especialistas em aventuras e pessoas maravilhosas...

Chuva e estragos em Viçosa, até quando?

O Verão ainda não chegou, mas Viçosa já teve um gostinho de replay das chuvas que arrasaram a cidade e o estado...
- Publicidade-